É extremamente importante separar as despesas pessoais das contas profissionais, apesar de muitos não saberem disso. Tornar essa prática um hábito é necessário para que o seu empreendimento tenha saúde financeira suficiente para trazer lucros.

Muitos empreendedores ainda não entendem a importância disso, e justamente por isso nós estamos aqui. No artigo a seguir, a equipe da Oddie te fala porque isso é tão importante para quem empreende! Confira!

A importância de se separar os dois gastos

É importante separar as despesas pessoais das contas profissionais para que seus objetivos sejam alcançados. Ao fazer a distinção de ambos, é possível se organizar financeiramente, para que as metas estipuladas para ambos consigam ser alcançadas.

Caso não faça a separação, diversos problemas podem surgir de maneira inesperada. Caso sua conta de luz venha mais cara no fim do mês, e você tire dinheiro da empresa para pagá-la, por exemplo, isso vai afetar no orçamento profissional do seu empreendimento.

No momento de fazer uma reposição de material, ou durante o pagamento de uma despesa profissional, esse dinheiro fará falta. Por essa, e diversas outras questões, misturar os dois tipos de dívidas não deve ser visto como uma prática comum.

Despesas pessoais e da empresa não podem se misturar

Um ponto que merece mais atenção por parte dos empreendedores é que as despesas pessoais e profissionais não devem se misturar de forma alguma. Se possível, até mesmo crie contas bancárias separadas para ambos os casos, para uma distinção mais clara.

Essa divisão é necessária, como dissemos, para que seja possível alcançar os seus objetivos profissionais e pessoais. Por isso, nada de tirar dinheiro das suas finanças pessoais para realizar o pagamento de contas da sua empresa, por exemplo.

Além disso, nada de realizar o processo contrário, pois é tão nocivo quanto o outro. Em todo caso, crie uma distinção entre ambos, pois as despesas pessoais afetam as contas profissionais, e evite misturar os dois sempre que for possível.

Como a separação deve acontecer

Agora que você já conferiu a importância de separar as despesas pessoais das contas profissionais, basta apenas descobrir como a separação deve acontecer. Por mais que pareça trabalhoso, essa etapa pode ser feita de maneira prática seguindo os passos corretos.

Basicamente, a sequência da entrada de dinheiro em sua empresa deve ser a seguinte:

  • todo o valor que for obtido deve ser separado para o pagamento das contas da sua atividade profissional;
  • se preciso, separe as sobras para o pagamento de despesas que você já sabe que terá no próximo mês;
  • apenas o que sobrar depois dessas duas operações podem ir para o seu orçamento pessoal;
  • com o dinheiro em mãos, realize o pagamento das suas contas pessoais, apenas após as do seu empreendimento;
  • caso ainda sobre algum dinheiro, faça investimentos para melhorar a empresa.

Outra dica boa é sempre prestar atenção em como você precifica seu serviço. Outra ferramenta que pode te ajudar a registrar suas entradas e saídas de dinheiro com a funcionalidade de orçamentos e recibos da Oddie. Com essa ferramenta, fica mais fácil organizar sua movimentação financeira.

Em todo caso, de maneira simples, esse é o caminho a ser seguido pelo dinheiro que entrar em sua empresa. Nosso artigo fica por aqui, mas se você pretende divulgar o seu trabalho de maneira gratuita, não deixe de conhecer a Oddie antes. Confira!