Saber como criar um MEI é o desejo de muitos profissionais autônomos. É uma bela maneira de atuar de forma formalizada no mercado. A modalidade conta com alguns benefícios interessantes e, por isso, acaba chamando a atenção de muitos trabalhadores do meio.

No entanto, muitos deles não sabem o quanto é fácil criar o cadastro, o que acaba os afastando do objetivo de se tornar um MEI. Se você se encaixa nesse grupo, saiba que estamos aqui para solucionar todos os seus problemas relacionados a isso.

Para descobrir como criar um MEI, além de outras informações essenciais sobre o tema, não deixe de ler o artigo que preparamos!

Todo mundo pode criar um MEI?

Antes de descobrir como criar um MEI, é preciso descobrir quais são as profissões permitidas em cada região. Basta acessar a lista de ocupações permitidas e verificar se seu trabalho está permitido de ser feito na sua região.

Além disso, é importante destacar que o MEI só pode receber até R$ 81.000,00 por ano. Esse teto não pode ser ultrapassado. Caso o valor seja ultrapassado, seria necessário mudar de regime e se tornar uma microempresa, com os tributos sendo diferentes.

Já aproveitando para te dar uma boa dica financeira, use a ferramenta de recibos e orçamentos da Oddie! Os recibos e orçamentos podem ser a primeira maneira de você se organizar financeiramente.

Como fazer o cadastro?

Para o profissional autônomo criar um MEI, não é necessário que muito trabalho seja feito. Para isso, basta acessar o site Portal do Empreendedor e fazer o preenchimento do formulário de informações que for solicitado pelo portal.

O processo é intuitivo, e basta fornecer algumas informações pessoais e da empresa que você pretende criar. Após alguns minutos, você já pode emitir o seu Certificado da Condição de Microempreendedor Individual e começar a trabalhar normalmente, sem limitações.

Após a criação do seu cadastro como MEI, também recomendamos que faça um cadastro em plataformas de serviço como a Oddie, para mostrar o seu trabalho. Isso vai te render clientes e garantir que o seu talento seja visto por quem pode te contratar.

Preciso pagar alguma coisa para criar um MEI?

Para se cadastrar como MEI não é necessário pagar nada, com o processo podendo ser feito de forma totalmente gratuita pela internet. No entanto, é preciso saber que o microempreendedor individual precisa arcar com um certo imposto.

O DAS precisa ser pago todos os meses, com a data de vencimento sendo o dia 20 de cada mês. O valor não é alto, não chegando a nem mesmo R$ 70, porém, é sempre bom estar atento para não deixar com que essa conta acabe vencendo.

Modalidade é mais segura para o trabalhador

No mais, o profissional autônomo que criar um MEI tem a segurança de contar com boa parte dos benefícios previdenciários. Aposentadoria, auxílio-doença, entre várias outras vantagens podem ser aproveitadas por quem trabalha nessa modalidade e paga o DAS mensalmente.

Por isso, tornar-se MEI é recomendado para quem trabalha com prestação de serviços. Contar com todos os benefícios de quem trabalha no regime CLT mas ainda ter a liberdade de escolher seus contratos é uma bela vantagem que um trabalhador dessa categoria pode querer.

Por fim, não deixe de fazer o cadastro na Oddie para mostrar o seu serviço para os clientes gratuitamente!